-| Capítulos VI e VII



Acho que começo a ver meu 2015. Entendi..

O bom do reencontro, da memória, do saber, do conhecimento daquilo que é certo e errado, do viver, do sentir.. É isso. APRENDER.

2015 precisa ser o ano da dor. Da águia que troca as penas e o bico, que deixa as coisas velhas para trás, para abrir espaço para o antigo e novo Iann.

Talvez seja o último ano das diversões nada saudáveis que tenho, conforme já planejava . Talvez o começo das transformações que começo a me propor fazer.

2015 e 2016 são anos conectados.. Interligados. O capitulo VI serão estes dois anos e, curiosamente, o capitulo VI vem em 2017.

Se a vida e Deus (1º Deus) assim quiserem, acho que tenho uma história interessante para construir nestes anos. 

Coloquei na minha agenda do Google para lembrar. Lembrar que tenho vícios para exterminar, um corpo para renovar, uma alma a alimentar!

Gira vida! Gira.. Gira que eu também não vou parar!

#Snowden - No One In Control



Achei um vídeo que gravei no começo de 2010, antes de tudo começar.

Tudo o que? As gigantes mudanças e rápidas giradas que minha vida deu desde então.

Daqui a pouco faço um post nas redes da musica que usei de trilha no vídeo.. Ninguém vai entender, mas eu sei o que vem na bagagem. É muita insanidade tudo que tenho aprendido. Torcendo pra que a maior parte seja mentira, torcendo para que eu esteja aprendendo algo de verdade.


Tipo, amor não existe, sexo é instintivo, drogas não são tão ilícitas e incomuns como dizem, somos animais e como tais funcionamos como bactérias ou vírus..

Obvio que aprender não é seguir como verdade ou praticar a filosofia. Mas essa enxurrada de informação.. De ideias.. De triste sensações...


-| Neia, Isa e Eu



Meu último relacionamento "estável", merece um post vai.

Estou caminhando para 3 anos sem Neia. Parece muito, mas nem senti. Acho que o que senti neste meio tempo foi e é saudade.. Saudade aliás saudável agora, coisa que anteriormente não era.

Já faz uns meses que não tenho a chance (boa ou ruim) de trombar por aí, mas acho que está tudo bem (pelo menos espero que esteja).

Da última vez que conversei sobre relacionamento foi com um menina incrível que conheci na Augusta chamada Isa. Um amor de pessoa! Ela me trouxe uma visão que eu até então já tinha perdido:

Isa: - "O que você quer existe! Vai ser difícil, você sabe né?"

Iann: - "Sei.. Sei e sinto todo dia no meio da minha correria. Eu to aberto, esperando.. Não vou correr atrás de ninguém, mas estou aberto."

Isa: - "Não.. você não está aberto o suficiente, você sabe disso."

Alguém me conhece e em menos de 2 horas de conversa e me entende.. Eu que não entendo! Achei lindo isso.

Talvez ela tenha razão. Talvez eu de fato não esteja aberto como deveria. Mas foi delicioso ver que não sou tão difícil de ser interpretado como acho que sou. Ela me leu de forma quase que instantânea. Me senti transparente, cru..

Não estou em minha melhor forma física e graças a D-s não estou nos meus momentos de ruína financeira. Mas estou totalmente "eu". Visível para o mundo, visível para quem quiser me ver. Se acontecer algo, ou alguém na minha vida, será de verdade, por que olharão o Iann Gabriel que existe.

No meio disso, penso em Jazz e Blues. O resto, o resto que continue a vir. Estou esperando. :)

-|Re[formas]



Ontem, 31/10/2014, exclui meu Facebook.

Não sei por que cargas d´água, me sinto agora com uma vida só. Mas convenhamos, era um pouco do que eu precisava!
Hoje, 01/11/2014, cozinhando os preparativos para a Dream Valley Festival, umas das minhas últimas festas começo a ver meus projetos de futuro.

Tomorrowland Brasil está parecendo cada vez mais distante e da Ultra music Festival não ouço nem rumores, apesar de saber que também virão ao Brasil. Logo meus dias de baladeiro estão se acabando.

Em Dezembro começo meu projeto para redução de cigarro, que finda na Ultra.. E tem gente que diz que essas baladas criam vícios.. heheheh, mal sabem que são elas a contagem para o termino do meu.

Em seguida, começo uma das fases mais interessantes: a fase de viajante! Tudo muito bem organizado, a fase atual termina junto com meu curso de graduação. Com mais tempo e dinheiro livre, passarei a investir em algo que sempre amei! Trip!

Minhas férias já estão agendadas para Julho do próximo ano, mas sabe-se lá D-s se de fato ocorrerá assim.

Fato é que estou excluindo o desnecessário para abrir espaço para meus sonhos. Do abandono do Facebook a Festas, uma tímida e gigantesca reforma começa em minha vida. :)

Wake Up Gnome!


Acordou. :)










Começava a pensar que não tinha coração. Quer era um cara rico em alma e sem coração.

Essa semana veio para provar o contrário. Veio para provar que apenas o escondi bem, longe das minhas loucuras e do sentimento de carência que me persegue.

Engraçado que ele veio apresentando outras qualidades e características, veio que eu não só tinha vontade de ter alguém (como sentia e continuo sem sentir), mas também de me fazer sentir de dor a saudade, a sonho, a descontentamento. Facetas desse pedacinho do corpo que eu tinha esquecido existir..

Eu estou sinceramente dolorido por dentro. Acho que minha vida é muito complicada para que eu mesmo a manipule, quem dirá terceiros. Estou embarcando numa serie de mudanças das quais não fui convidado a opinar. Nada contra as mudanças.. Gosto de mudanças.. Mas os efeitos delas, estas sim, me incomodam.

Tenho tanta coisa pra falar, para escrever, mas estão todas tão engasgadas que não sai nada. Se alguns minutos atrás eu tinha um livro para escrever, agora não sai uma palavra dos meus dedos ou da minha mente.

Só me veio uma coisa na cabeça.. Eu numa fazenda, sozinho, com as mãos sujas e ardidas de trabalhos manuais. Sem  acesso ao meu cigarro e livre de tudo, todos. Sem expectativas ou idéias, apenas um dia após o outro esperando a terra devolver o que plantei.. Uma verdadeira desintoxicação do universo em que vivo agora.

Daqui alguns dias pula o gnomo de dentro de mim, me fazendo guerreiro e batalhador em meios aos problemas.. Mas agora sou só um verme.. Um verme destruído buscando energias e ideias para tentar tomar o controle.

Estava tudo muito tranquilo aqui fora para ser verdade.. Muito estável pra ser verdade.

-| Peregrin[ação] em falta




Eu tenho comigo sonhos enrustidos, daqueles que nascem, crescem e morrem em mim.

Um doutor pouco mais louco que eu me ajudou a trancar um pedaço meio estragado meu. Não sei até que ponto isso foi bom, mas fato é que a cada dia me sinto menos humano e estranhamente menos racional também.

Ahh a vida.. A vida é tão simples. Ou tão complexa mew?


Saudade de ficar triste. Saudade de ficar alegre de verdade! Hoje a alegria só está em algumas boas risadas e a tristeza nem existe mais.. O mais perto que chego da tristeza é com a preguiça.

Estou quase me sentindo um zumbi! Acho que me sobrou de humano apenas a saudade e a curiosidade de futuro! Curiosidade aliás que me faz sonhar 'n' coisas!

O problema é que "tenho comigo sonhos enrustidos, daqueles que nascem, crescem e morrem em mim.."

É.. um circulo vicioso.
top